onde nos leva a arte

quarta-feira, 11 de março de 2009

Bilhetes esgotados em 15 minutos? Contem outra!


País de parolos, é o que somos, é assim que penso nestes dias, já achando à partida ridículo uma artista como a P.J. Harvey tocar num evento Clubbing, numa sala manhosa para encher chouriços (mil, pelos vistos). A elite que compra pela net é que ganha, bem como os amigos dos amigos dos funcionários, como toda a gente sabe. Estou furiosa com a Casa da Música que mais uma vez prova ser um recinto só para alguns. Espero que falhe a luz no dia do concerto.
(leiam o documento)

2 comentários:

ameixa seca disse...

Eu cá continuo a achar que somos um país de trafulhas, em que os conhecidos e os amigos lucram em todas as vertentes desta dita sociedade!

debbie harry disse...

Andam cheios de atitude e vestidinhos à elctroclash mas são piores que os yuppies. Ai que nojinho, pá, estou mesmo furiosa.